quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Entender a Memória - Parte 1

Hoje é dia de percebermos o que é isto da Memória :) No mestrado desenvolvi uma pequena investigação sobre Memória e Cinema, que me permitiu descobrir mais sobre mim mesma e sobre os meus gostos. Partilho no blog um bocadinho dessa investigação que colocarei em 2 post's ao longo de alguns dias.

De certo, já se perguntaram porque é que a nossa atenção e a nossa inspiração vem de uma época passada. Pois bem, “as nossas experiências do presente dependem em grande medida do conhecimento que temos do passado” [1], sendo as imagens que nos cativam, aquelas que legitimam a forma como encaramos a atualidade.  A Memória sempre esteve relacionada com a cultura que cada um possui. Por sua vez,  a cultura despoleta na Memória Coletiva (a Memória de um grupo) uma nova representação de Memórias Históricas. Por exemplo, existem muitas pessoas que adoram os ideais de uma época passada (sentimento que partilho). Essas pessoas rapidamente formam um grupo (ainda que não identificado) em que a Memória Coletiva é reavivada e modificada consoante as diversas consciências. Assim, olhamos a história e os tipos de vida passados consoante essas mesmas consciências atuais.

Entendemos o mundo graças a contextos que ligam acontecimentos e objetos que já experienciámos e que permitem relacionar o nosso presente. O mundo do percetível, definido em termos de experiência temporal, é organizado por expectativas baseadas na recordação. Essas expectativas podem assumir a forma de Memória Individual ou Coletiva/Social.

Imagem retirada do facebook 1940s Lovers

O cientista social que mais compreendeu a importância da Memória Coletiva e que se debruçou sobre as formas em que este tipo de Memória é socialmente construída foi Maurice Halbwachs. Nasceu em 1877 e faleceu a 1945 vítima do nazismo. Escreveu a sua obra mais importante: La Mémoire Collective em que defendeu a ideia de que graças à filiação dos indivíduos a grupos sociais (parentescos, pertença a classes/grupos sociais ou religiões) há a possibilidade de obter, identificar e evocar as Memórias. 
É exatamente isto que se faz nos blogues, existe um enorme grupo que evoca a admiração pelo passado. Assim, podemos dizer que as nossas Memórias Coletivas encontram-se nos espaços materiais/mentais desse mesmo grupo.

Desengane-se quem pensa que o passado não serve para nada, que simplesmente já passou. "A cultura está para a sociedade, no que a Memória está para os indivíduos"[2], tradições implícitas na cultura permitem-nos perceber que o passado funcionou e que sem ele não seriamos capazes de compreender o nosso meio e os nossos comportamentos.

Portanto, vimos como a Memória é importante no desenvolvimento da nossa personalidade e gostos pessoais. O cinema, de todos os meios mediáticos, é o que detém a maior responsabilidade em evocar, de forma realista, essas mesmas Memórias.
Num próximo post, relacionarei esta temática com o filme Midnight in Paris de Woody Allen. O cineasta faz um autêntico apelo à Memória e cria um elo temporal com os anos 20 e com a Belle Époque, que nos permite viajar no tempo.


[1] CONNERTON, Paul – Como as Sociedades Recordam
[2] MONTEIRO, Félix - Estudos da Psicologia Intercultural Nós e os Outros
     BERGSON, Henri - Matéria e Memória

5 comentários:

  1. followed back! Thanks <3

    NEW POST:
    http://fantasyfashioned.blogspot.de/
    xx ♥

    ResponderEliminar
  2. I loved the movie Midnight in paris, Marion Cotillard is so pretty :)

    Sofia
    www.lovalafashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I did a academic study about this movie. I'm about to show it this week :)

      Eliminar
  3. Oi Narcissa, adorei teu blog, tens graduação em ciências sociais? Eu estou começando meu Tcc e vou fazer algo relacionado às Pin Ups, curti muito teu post. Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Stefânia :) Tenho uma licenciatura em Ciências da Comunicação e, neste momento, estou a tirar um mestrado em Comunicação, Cultura e Artes! Que ótimo! Se precisares de alguma ajuda até mesmo a nível de bibliografia diz :) ***

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...